França

Para começar, fale um pouco sobre você.

Favor informar o DDD

Informações Adicionais (opcional)

Número de Viajantes
Quarto 1
Quarto 2
Quarto 3
O que você quer incluir no pacote?
É o plano mais indicado para viagens domésticas. A cobertura Domestic chega ao montante máximo global de 10.000 reais.
É o plano mais indicado para viagens pela América Latina. A cobertura Latina chega ao montante máximo global de 6.000 dólares.
É um produto econômico, bastante procurado por aqueles que desejam uma cobertura básica, porém ampla e diferenciada. A cobertura Essential chega ao montante máximo global de 15.000 dólares.
É o plano indicado para viagens para Europa e Estados Unidos. A cobertura Classic é plena e abrangente, chegando ao montante máximo global de 50.000 dólares.
Nissan Versa ou similar.
Toyota Corolla ou similar.
Jeep Cherokee ou similar.
Dodge Caravan ou similar.
Onde quer ir?

A França é símbolo de liberdade, igualdade e fraternidade. A Cidade das Luzes tem por cartão postal a Torre Eiffel. Os visitantes são atraídos também pela rica gastronomia, belas exposições de arte, vinhos tradicionais, pela valiosa literatura, além da moda que inspira o mundo fashion. O charme da Cidade Luz, maior cidade da França, é revelado nos primeiros dias deste roteiro. Logo Aix-en-Provence apresenta as riquezas de Provença e suas agitadas esplanadas em meio à beleza arquitetônica. Por fim, Cannes traz a sofisticação às margens do mar Mediterrâneo.

Escolha as cidades e regiões que quer incluir no seu roteiro.

Não é fácil escolher um hotel, a gente sabe.
Por isso, nós vamos facilitar tudo pra você.
Fizemos uma lista dos hotéis que nós indicamos em cada destino.



ECONÔMICOS: As melhores opções de baixo custo. Cabem em qualquer bolso.
MODERADOS: Normalmente são aqueles com a melhor relação custo-benefício.
LUXO: Esses esbanjam categoria. Nessa lista cada centavo gasto vale a pena.
ESPECIAIS: Por um motivo ou outro eles são diferentes de todos os outros.
Lyon

check in

check out

Hotéis

CATEGORIA: MODERADO. Normalmente são aqueles com a melhor relação custo-benefício.

Le Royal

Localização: Centro
É difícil imaginar um grandioso hotel clássico que seja mais elegante do que o Hotel Le Royal em Lyon, um iluminado e clássico Haussmann, com uma cúpula de estilo renascentista, um hotel que absolutamente domina o seu espaço na Place Bellecoeur. Em sua atual encarnação como parte da coleção MGallery da Accor, o Le Royal está em ótima forma, graças em grande parte a uma inspirada renovação que divide a diferença entre uma restauração historicamente correta e um total replanejamento moderno. O espírito do lugar está intacto, o que fica bem claro - os tecidos estampados e clássicos da rica paleta de vermelhos e azuis definem um tom adequadamente real e os móveis e acessórios abrangem um espectro de épocas históricas, de reconstruções de época à peças sutilmente contemporâneas. Como em qualquer hotel histórico, os menores quartos não têm muito espaço, mas muitas vezes este é o preço que se paga pela atmosfera - e não é nada que um pequeno upgrade não resolva. Um único restaurante serve uma culinária francesa simples, mas chique e é uma ótima opção. Realisticamente, porém, você não precisa se contentar com visitas repetidas - dado o status de Lyon como capital gastronômica, não é provável que você visite o mesmo restaurante duas vezes.

CATEGORIA: LUXO. Esses esbanjam categoria. Nessa lista cada centavo gasto vale a pena.

Le Cour des Loges

Localização: Velha Lyon
O que antes eram quatro construções separadas datadas do século XIV agora são um só hotel, o Cour de Loges, um magistral exemplo de design moderno encontrando-se com o charme do velho mundo. Jean-Louis e Jocelyne Sibuet atualizaram o estilo renascentista italiano (sim, italiano) das habitações originais com floreios contemporâneos e o resultado é um lugar realmente especial. Somente o pátio, que também faz às vezes de saguão e é rodeado por arcos, já vale o preço do ingresso. Sinuosas escadarias de pedra e arcadas em múltiplos níveis ligam as construções em um único complexo labiríntico. Antigas cabeceiras entalhadas a mão e peças de banheiro desenhadas por Plilippe Starck estão juntas no eclético estilo do Cour de Loges. Cada apartamento é único e detalhadamente decorado com tecidos refinados e modernos, mobília de design juntamente com antiguidades toscanas e obras de arte com influências de época. Pisos de parquet, antigos guarda-roupas, vigas no teto e uma paleta de profundos vermelhos e frios azuis compõem a rica atmosfera renascentista. Alguns apartamentos incluem lareiras, jardins e as suítes duplex trazem murais representando cenas históricas. Conveniências modernas também abundam, incluindo uma piscina coberta e sauna. O hotel tem dois restaurantes, Les Loges e Café-Epicerie, sob a supervisão do chef Anthony Bonnet. Além disso, você pode ser induzido a se aventurar fora do hotel e experimentar a cozinha local. Afinal, você está em Lyon e pode-se dizer que alguns dos melhores pratos do mundo podem ser experimentados aqui.

Traslados IN/OUT regulares:

Transporte do aeroporto para o hotel na chegada ao destino e depois do hotel ao aeroporto no dia da partida. Na opção regular o veículo é compartilhado com outros viajantes.

Traslados IN/OUT privados:

Transporte do aeroporto para o hotel na chegada ao destino e depois do hotel ao aeroporto no dia da partida. Na opção privada o veículo é exclusivo para os viajantes dessa reserva
Nice

check in

check out

CATEGORIA: ECONÔMICO. As melhores opções de baixo custo. Cabem em qualquer bolso.

Hi Hotel Eco Spa & Beach

Localização: Praia
Hoje em dia, qualquer hotel construído depois de 1900 se considera um hotel de design, como se os outros hotéis não tivessem sido concebidos, mas que surgiram do nada, de livre e espontânea vontade, de aglomerados flutuantes de móveis, colchões e alvenaria. Por isso pode testar a paciência do leitor quando nos referimos ao Hi Hotel Eco Spa & Beach como um hotel de design, mas não há realmente uma maneira mais concisa para descrevê-lo. Todos os aspectos do Hi, da decoração aos produtos de higiene pessoal, foi projetado por Matali Crasset, aprendiz de Philippe Starck, e o estilo é um tanto familiar para aqueles que conhecem o trabalho de Starck - mas de uma forma ainda mais extravagante, mais vibrante. Uma variedade de esquemas vêm em uma variedade de cores, de "branco sobre branco", que se assemelha a um quarto de hospital, a "Digital", cujas paredes são cobertas de enormes pixels em azul e verde e "Monoespaço," em tons de azul, branco e vermelho. Com um restaurante orgânico e um sushi bar, a saúde é claramente importante aqui, e o bar no centro do hotel é alegremente chamado Happy Bar. E quando você está quase em perigo de ter uma overdose de boas vibrações, há o sol, a areia e o mar.

CATEGORIA: MODERADO. Normalmente são aqueles com a melhor relação custo-benefício.

La Perouse

Localização: Praia
Depois de todos estes anos, existem ainda algumas poucas surpresas na Côte d’Azur – os famosos grand hotéis continuam como sempre foram, mas existe a surpresa de ocasionalmente descobrir-se um lugar como La Pérouse. Construído ao lado de um penhasco com vista para a Baie des Anges, esta antiga prisão é hoje um dos hotéis mais espetaculares de Nice, oferecendo acesso fácil à praia e à cidade velha, e com vistas simplesmente magníficas do mar a partir dos 63 apartamentos e suítes. O estilo provençal é a norma nos apartamentos, decorados com mobiliário de antiquário e suaves cores campestres, cada um com uma sacada ou terraço para se tirar o maior proveito possível das vistas. A localização e o ambiente são bastante charmosos, mas é a vista que realmente rouba a cena – até mesmo o próprio folheto do hotel recomenda fortemente a escolha de uma das acomodações com vista para o mar. No sopé do penhasco fica a piscina do hotel, rodeada por um jardim com sombra e limoeiros, e nos meses de temperaturas mais amenas o restaurante do hotel serve o jantar no terraço à luz de velas. Você está a segundos da praia, se este é o tipo de diversão que te atrai, e a uma curta caminhada do distrito histórico de Nice se você estiver no clima de fazer um passeio. O La Pérouse é a prova viva de que existe muito mais na Côte d’Azur do que os velhos e favoritos gran hotéis.

CATEGORIA: LUXO. Esses esbanjam categoria. Nessa lista cada centavo gasto vale a pena.

Le Negresco

Localização: Praia
Se opulência não é sua praia, então este não é o hotel para você. Mas também um hotel-palácio, na Riviera Francesa, ser realmente criticado por seus excessos é como criticar o carnaval do Brasil por ser muito festivo. O Salão Real, onde você pode tomar uma xícara de chá antes de seguir para a praia, tem no centro um enorme chandelier que contém 16.800 peças de vidro Baccarat. O chandelier pende de um teto alto abobadado rodeado de querubins em vitrais e videiras de ouro que sobem os pilares para a moldagem de uma elaborada coroa. No restaurante Chantecler, com estrelas Michelin, as mesas têm toalhas de linho rosa de mesa, bouquet de flores frescas e copos de vinho suficientes para conter o equivalente a 15.000 garrafas na adega. As paredes de madeira talhada tem cerca de 250 anos de trabalho em verniz e as cadeiras são estofadas em veludo fúcsia. Você vai encontrar um segundo restaurante, no estilo de um carrossel de Pompadour, o com retratos de pessoas com grandes perucas e rostos em pó para encher um tribunal molduras douradas e esculturas dignas de museu em toda a parte que você olha - dá pra imaginar o que estamos falando.

Traslados IN/OUT regulares:

Transporte do aeroporto para o hotel na chegada ao destino e depois do hotel ao aeroporto no dia da partida. Na opção regular o veículo é compartilhado com outros viajantes.

Traslados IN/OUT privados:

Transporte do aeroporto para o hotel na chegada ao destino e depois do hotel ao aeroporto no dia da partida. Na opção privada o veículo é exclusivo para os viajantes dessa reserva
Paris

check in

check out

CATEGORIA: ECONÔMICO. As melhores opções de baixo custo. Cabem em qualquer bolso.

Hotel Mayet

Localização: Saint-Germain/Luxembourg
A esta altura, é pouco provável que um simples hotel contemporâneo de Paris impressione a alguém, mas se este hotel oferecer acomodações a preços inferiores a 100 euros por noite, certamente isto será uma outra história. Neste caso não se trata do tipo de minimalismo luxuoso e seleto que enche as páginas das revistas de design de interiores. O Mayet é um lugar mais radiante, alegre, chamativo e eclético do que os que estamos acostumados a ver. Não resta dúvida de que em Paris há outras opções mais sóbrias e mais sérias, e também pelo dobro do preço. O hóspede sabe o que o espera logo que pisa no saguão decorado com grafite, obra de um artista parisiense. Nos apartamentos, mantém-se a tônica geral do hotel: não são os mais amplos da cidade, mas suas linhas simples e suas cores vibrantes criam espaços mais que agradáveis. As principais necessidades básicas dos hóspedes estão todas satisfeitas, como a conexão sem fio de internet. O Mayet fica bem próximo ao Boulebard Montparnasse, a curta distância dos lugares mais emblemáticos de Paris.

CATEGORIA: MODERADO. Normalmente são aqueles com a melhor relação custo-benefício.

Banke Hotel

Localização: Opera Garnier/Pigalle
Paris é famosa por sua arquitetura uniformemente elegante: os edifícios da Belle Époque ao longo das alamedas, as casas medievais nas ruas estreitas, os jardins bem cuidados, os cafés de esquina vitrificados. Mas não importa quão elegante, mesmo assim é necessário fazer uma pausa da uniformidade de vez em quando, e é aí que um hotel como o Banke pode ajudar. Do lado de fora, o hotel é mais um edifício clássico, localizado em uma esquina aguda como a proa de um navio. O lado de dentro é outra história, o estonteante saguão de entrada foi criado a partir da rotunda de mosaico e mármore de um antigo banco - aqui também se tornará aparente a mão de um decorador criativo a trabalho do Banke: sofás dourados e imensos candeeiros contemporâneos são um indício claro. No topo de uma escadaria extensa que o leva ao seu quarto, você encontrará coisas que se aproximam mais do moderno e definido, mas sem serem estéreis, de forma alguma. A decoração não cabe completamente em uma única categoria, é simplesmente ordenada, arrojada e muito francesa. Desde os quartos intimistas do sótão até a mais luxuosa das suítes, o Banke acerta em cheio. O hotel também está privilegiadamente localizado quase que diretamente atrás da lendária Opéra Garnier e extremamente próximo a uma abundância de instituições culturais, assim como a um grande número de ótimas lojas.

Bel Ami

Localização: Saint-Germain/Luxembourg
Nada do que você esperaria desta cidade, em termos de estilo e design: o Bel Ami é todo simples modernidade ao invés de pomposa muséification, com cores tendendo ao sóbrio e terra, quase nórdicos, que em nada lembram os fortes tons vermelhos e rosas que ostentam os gran hotéis parisienses. Este tipo de elegância simples, longe de ser casual, responde ao estilo pessoal do hoteleiro franco-chinês Grace Leo-Andrieu, grande responsável pela conversão deste em um dos primeiros hotéis boutique de estilo contemporâneo de Paris. Estilo e conforto funcional é a filosofia, e a execução é nada menos que perfeita. Os apartamentos de hóspedes são sóbrios e minimalistas, projetados para maximizar o contraste com o agito das ruas de Paris e acalmar os hóspedes com uma iluminação difusa com tons caramelos, verdes e azuis. Em um saguão bastante elegante servem-se coquetéis, e o Bel-Ami Café serve um buffet de café da manhã num ambiente ilumidado e ensolarado, ao estilo de uma cozinha de família. Não há restaurante, e pouco do luxo extravagante de hotéis mais pretensiosos. O Bel Ami é muito mais pé no chão do que um palácio de prazeres, um caminho de entrada para o bairro de Saint Germain-des-Prés e não um esconderijo urbano. Você pode até relaxar o dia todo por aqui, mas a maioria dos hóspedes vem para visitar as lojas e galerias da vizinhança, ou pelo menos sonhar em escrever um livro enquanto saboreia um delicioso café no Deux Magots.

CATEGORIA: LUXO. Esses esbanjam categoria. Nessa lista cada centavo gasto vale a pena.

Le Bristol

Localização: Champs Elysées
O hotel mais refinado de todos os grandiosos hotéis de Paris é o Bristol, nomeado em homenagem a um lorde inglês e um e bispo. Também é de longe o mais reservado. Bem apropriadamente é onde Newland Archer se hospeda naquela cena final de cortar o coração em A Era da Inocência de Edith Warton, quando ele vai ver Madame Olenska e no último instante muda de idéia. Há algo no Bristol que inspira romance e comedimento. Como um bolo confeitado, o Bristol é Art Deco creme no exterior e século XVIII decadente por dentro. Vá na primavera, quando as floreiras de gerânios nas janelas florescem e e o grande jardim fica fragrante com o perfume das magnólias. A piscina é uma das poucas em Paris e apesar de pequena, é muito bonita, fechada por vidro e banhada pela luz do sol parisiense. Uma observação: apesar de sua mobília original do século XVIII, tapeçarias de Gobelin e obras de arte que poderiam estar no Louvre, o Bristol é um hotel que muitos decoradores dizem morrer de vontade de remodelar. A cobertura, que já hospedou todo mundo de Marilyn Monroe a Prince, infelizmente é amarela. Mesmo assim é um dos favoritos entre os líderes de estilo e você não tem a mínima chance de conseguir um apartamento durante a semana de moda. Talvez sejam os funcionários silenciosos e inescrutáveis, que os especialistas juram prestar o melhor serviço da cidade. Talvez sejam os banheiros, os maiores de Paris, com os roupões Hermes. Talvez seja o novo chefe Eric Frechon. Ou talvez seja o spa integrado Anne Semonin – sua limpeza de pele anti-jet-lag já virou cult – e o podólogo estrela Bastien Gonzales. E se você se hospedar no Bristol, tudo isso pode ser feito no seu apartamento.

Shangri-la Hotel Paris

Localização: Trocadero/Bois du Boulogne
Paris é uma cidade onde certamente não faltam sofisticados hotéis de luxo. Claro que há sempre espaço para mais, e o grupo Shangri-La passou décadas aprimorando seus conhecimentos nos principais mercados do Extremo Oriente, uma boa preparação para a clientela notoriamente exigente de Paris. E quando se trata de um interior projetado por Pierre-Yves Rochon, quanto mais, melhor. Na verdade a única coisa de oriental sobre o lugar é o nome, e embora seja uma restauração recente, o Shangri-La desempenha o papel de grande dame extremamente bem. O edifício foi a residência de Roland Bonaparte, cujo sobrenome fornece toda a biografia necessária - a partir daí a escolha de Paris do século 19 como inspiração estilística foi completamente natural. O trabalho de Rochon é tão convincente que você vai se maravilhar com os quartos e suítes - é impossível lembrar que eles são totalmente novos e não apenas meticulosamente bem conservados. É claro que certas inovações modernas dão umas pistas: os aparelhos eletrônicos são bem integrados e os banheiros têm um papel central, como é a moda contemporânea.

CATEGORIA: ESPECIAL. Por um motivo ou outro eles são diferentes de todos os outros.

Mandarin Oriental Paris

Localização: Museu do Louvre
Os aficionados em hotéis boutique estiveram se mordendo por anos para este acontecimento. Não somente esperando pela inauguração "per se" do Mandarin Oriental, mas para saber exatamente qual marca na hospitalidade de luxo eles iriam deixar, afinal aqui é Paris. Então quando foi revelado seu endereço na Rue de Saint-Honoré, o coração do distrito de compras de luxo ao norte do Louvre, o que era uma expectativa se tornou um enorme reboliço. E é redundante afirmar que, quando inaugurado, o hotel não desapontou - e isso não deve acontecer por um bom tempo, talvez, nunca. Este é o creme de la creme de Paris: um edifício em estilo contemporâneo na medida certa, que talvez possamos nos arriscar a dizer que foi projetado por um "dream team" de arquitetos e designers para criar algo moderno mas sem perder a identidade parisiense, com uma boa dose de Art Déco, um tributo à história do prédio.Dentro há 99 quartos mais do que elegantes. Não há dúvida de que o orçamento jamais foi um problema na execução dos mesmos: os banheiros são imensos e tão sofisticados que poderíamos chamá-los de spas. E as 39 suítes em 10 roupagens diferentes variam de extravagantes à chocantes em sua opulência.Resumo da ópera: é difícil achar a menor das imperfeições, mesmo que esse seja seu objetivo aqui. O Mandarin Oriental Paris se une a um seleto grupo de hotéis que, contanto que não esteja economizando, você tem a garantia de sair impressionado. E uma vantagem sobre os outros que é a localização - o sonho de consumo de quem vem às compras e a uma curta distância do Louvre e da Ópera Garnier.

City Tour:

saída para visita panorâmica de meio dia por Paris acompanhado por seu guia, que mostrará os espetaculares monumentos da ‘Cidade Luz’, como: Catedral de Notre-Dame, Sainte Chapelle, Pantheon, Igreja de St. Suplice, St. Germain, Museus D´Orsay e Louvre, Place de La Concorde, Champs Elysees, Invalides com a tumba de Napoleão, a tão famosa Torre Eiffel, Arco do Triunfo, Opera Garnier, Place Vendome, Montmartre com sua célebre vista da cidade e a Igreja Sacré-Coeur. Tarde livre para atividades independentes.

Castelo de Versailles:

Passeio ao Castelo de Versailles onde mistérios são revelados durante todo o percurso de forma a enfatizar a história e raridades do mais influente castelo da corte européia dos séculos XVII e XVII. O local foi casa de Luis XIV, marcando seu reinado de riqueza e poder absolutista.

Cruzeiro pelo Rio Sena:

Um passeio turístico pelo Rio Sena a bordo de um barco com vidraças iniciado próximo à Torre Eiffel, leva os turistas a descobrir as histórias e monumentos desta cidade mágica. Embalados pelas músicas parisienses e comentários sobre os atrativos narrados em 13 idiomas. (+-1hora)

Paris Illuminations:

As luzes de Paris à noite encantam os visitantes que observam os monumentos e pontes iluminadas. O percurso revela a razão de esta ser a Cidade das Luzes, ao passar por: l'Opéra, Champs-Elysées, a Torre Eiffel, o Louvre, Notre-Dame, Saint-Germain-des-Prés e Pigalle.

Traslados IN/OUT regulares:

Transporte do aeroporto para o hotel na chegada ao destino e depois do hotel ao aeroporto no dia da partida. Na opção regular o veículo é compartilhado com outros viajantes.

Traslados IN/OUT privados:

Transporte do aeroporto para o hotel na chegada ao destino e depois do hotel ao aeroporto no dia da partida. Na opção privada o veículo é exclusivo para os viajantes dessa reserva.
Monaco

check in

check out

CATEGORIA: MODERADO. Normalmente são aqueles com a melhor relação custo-benefício.

Columbus Monte Carlo

Localização: Monte Carlo
Na imaginação popular, Mônaco é um monumento ao excesso e para ser justo, há uma certa verdade nisso. Mas também há exceções, é claro, quem estiver esperando uma Dubai no mediterrâneo, vai levar um susto com a sutil elegância e discreto luxo do Columbus Monte-Carlo. Apesar de não escalar as mesmas alturas luxuosas como os grande nomes de cinco estrelas do principado, o que o Columbus faz, faz muito bem. O visual é fluido e contemporâneo em sóbrios tons neutros sem nenhum toque de dourado, um estilo e uma atmosfera que poderia ser chamada residencial sem uma pitada de exagero. Os quartos Clássicos não desapontam, mas é nos Deluxes e nas suítes que o Columbus começa a crescer, as suítes júnior tem uma sala de estar e tudo e as suítes privadas são realmente grandes, com varandas com vista para os jardins ou o Mediterrâneo. Uma elegante brasserie e um moderno bar mostram que há vida em Mônaco fora dos cassinos. O serviço, embora talvez menos visível do que em um hotel de cinco estrelas, certamente não é menos profissional. E a localização é apenas um pouco fora do caminho - o suficiente para dar um toque de paz e tranquilidade, mas com a Place du Casino e a famosa zona comercial ainda bem perto.

CATEGORIA: LUXO. Esses esbanjam categoria. Nessa lista cada centavo gasto vale a pena.

Hermitage

Localização: Monte Carlo
Qualquer um que esteja esperando por um pequeno hotel boutique em monte Carlo está perdendo tempo, e muito. A única maneira de ficar apropriadamente nessa cidade, é deixar o seu gosto pelo minimalismo em casa, e se hospedar em um dos palácios da Belle Époque, como o Hermitage, por exemplo. Esse grand hotel extremamente luxuoso de um século de idade em meio a muitos outros hotéis em Monte Carlo faz questão de destacar o seu nome; ele se encontra fora dos locais comuns, num penhasco com vista para o porto, próximo o bastante do cassino, mas fora do alcance do tráfego pesado. Uma renovação muito bem executada deixou o Hermitage em ótima forma, e nem um pouco mais moderno. Uns 50 apartamentos foram adicionados, mas todos são tradicionais e elegantes em estilo, em cores quentes do mediterrâneo, alguns com sacadas de frente para o mar. Os apartamentos padrão são grandes, e as suítes maiores ainda, perfeitas para viver a sua fantasia de jogador milionário. Junto com o Hermitage, encontra-se o Les Thermes Marins, um spa e centro de fitness muito bem equipado, oferecendo todo o tipo de tratamento e exercício, assim como uma enorme piscina com água do mar. Digno de atenção é o restaurante Le Vistamar, que é exatamente o que parece: um restaurante servindo frutos do mar frescos do mediterrâneo acompanhado por uma vista espetacular do mar.

Metropole

Localização: Monte Carlo
Alguns hotéis clássicos nunca são exatamente os mesmos depois de uma grande reforma. O Metropole, no entanto, talvez seja ainda melhor do que já foi - quando começou a mostrar sua idade, o famoso designer parisiense Jacques Garcia foi contratado para uma atualização e acabou que o seu estilo hiper-luxuoso coube como uma luva no que já era um hotel deliciosamente maravilhoso. Esta mansão belle époque italiana é uma alternativa para os maiores hotéis em palácios a margem da água e embora não seja exatamente discreto ou acolhedor, tem um ar de privacidade discreta. Os quartos são incrivelmente opulentos e decididamente antiquados - o Sr. Garcia não faz nada minimalista, preferindo tecidos ricos, antiguidades ornamentadas e clássicos banheiros de mármore. A localização coloca o Métropole fora do caminho conhecido, assim como a sua fama de independente, fora do conglomerado que controla o casino de Monte-Carlo e muitos dos hotéis. Um excelente restaurante no estilo Riviera francesa é uma obrigação, já que há tanta concorrência na cidade; este por acaso é comandado por nada mais nada menos que Joël Robuchon. Da mesma forma qualquer hotel de luxo que se preze precisa de um spa do calibre da ESPA - aqui todas as variedades de relaxamento são possíveis, de rituais purificantes a simplesmente drinques à beira da piscina.

Traslados IN/OUT regulares:

Transporte do aeroporto para o hotel na chegada ao destino e depois do hotel ao aeroporto no dia da partida. Na opção regular o veículo é compartilhado com outros viajantes.

Traslados IN/OUT privados:

Transporte do aeroporto para o hotel na chegada ao destino e depois do hotel ao aeroporto no dia da partida. Na opção privada o veículo é exclusivo para os viajantes dessa reserva.

Ok! Na próxima etapa você poderá escolher um destino adicional

Clique em ENVIAR abaixo para prosseguir.

Sua viagem começa aqui!

Clique em ENVIAR abaixo.

Nossa equipe de consultores irá analisar o formulário para transformar os seus limões em uma deliciosa limonada.
Aguarde...